Pokémon Go: capture estratégias de marketing digital com o app

Pokémon Go: capture estratégias de marketing digital com o app

Desde agosto de 2016, os brasileiros têm agido de forma diferente. Têm andado pelas ruas de forma mais focada, saído mais, com objetivos em comum, atrás de… Bem, Pokémons. Não se fala mais somente em Impeachment ou nas Olimpíadas. Agora, a febre é o jogo de realidade aumentada Pokémon Go, criado pela Nintendo especialmente para smartphones.

Com proposta diferenciada, o jogo atinge as expectativas de milhares de crianças, adolescentes, mas também adultos – que passaram pela fase da série Pokémon há mais de 20 anos –, e envolve a interação desses usuários não só com o aplicativo, mas também com outras pessoas e lugares. Afinal, o objetivo é capturar Pokémons fictícios, mas você só faz isso ao passar por estabelecimentos físicos, ou seja, explorando o mundo real!

Desde o seu lançamento, o game tem gerado discussões favoráveis e contrárias a seu respeito. Porém, é inegável o poder que ele tem de despertar sentimentos e atitudes antes não existentes, ou de atingir tantas características positivas sociais, e até mesmo para marcas. Marcas, porque uma dessas características envolve a possibilidade do Pokémon Go se tornar uma ferramenta de estratégia em marketing digital e comunicação. Aparentemente, um simples jogo, mas que pode, sim, auxiliar uma empresa a aumentar vendas e conquistar clientes.

Quer dados do app que comprovem isso? Em menos de 24 horas, foram mais de 50 milhões de usuários alcançados, apenas no Android. Em dois dias, a Nintendo elevou seu valor em 7,5 bilhões de dólares. O Pókemon Go ultrapassou grandes redes sociais em tempo utilizado pelos usuários, como Twitter e Tinder, e gerou até mais engajamento que o WhatsApp. Hoje, o termo “Pokémon Go” tem mais buscas no Google do que os esperados “Jogos Olímpicos”. Foram várias as empresas que já aumentaram o número de vendas após esse lançamento. E, juntos, todos esses dados mostram que há uma grande oportunidade para que as empresas também aprendam ainda mais como capturar seus clientes!

Como explorar o marketing digital com o Pókemon Go
Para começar, sabemos que, para alcançar o objetivo do jogo e capturar o maior número de Pokémons, as pessoas precisam ir às ruas! E esse pode ser um dos benefícios para um negócio, já que haverá mais pessoas próximas a um estabelecimento e, assim, mais leads. Leads esses que talvez nunca tivessem visitado o local antes, mas gostariam de conhecer. Nesse caso, o Pokémon se torna um atrativo, mas é o estabelecimento que tem de agir para manter a presença do visitante.

E, para fazer isso, as empresas podem explorar os chamados “Pokéstops” e “Gyms” – locais onde o jogador recebe itens especiais gratuitamente e locais onde realizam batalhas, respectivamente. O jogo torna possível o uso de iscas digitais, o chamado “módulo de atração”, para atrair Pokémons para a região por tempo limitado. Em Nova Iorque, por exemplo, houve uma pizzaria que aumentou as vendas em 75% depois de ativar este recurso, com investimento de U$ 10. E não se preocupe caso ainda não exista um Pokéstop próximo de sua empresa! De acordo com os desenvolvedores do jogo, em breve será possível, até mesmo, patrocinar uma localização no jogo.

Usar as redes sociais também pode ser uma boa para atrair mais público, seja para dar dicas de Pokémons próximos ao estabelecimento, divulgar aqueles mais raros, postar fotos, hashtags, ou mesmo com a ajuda de divulgação dos próprios usuários, que capturaram os personagens no local. Peça para eles divulgarem, comunique-se através do game – são essas atitudes que farão com que o app se torne, efetivamente, uma estratégia de marketing digital para a sua empresa.

Há, também, a questão de anunciantes. Já foram vários os cases de engajamento nas redes sociais, seja com o mercado automobilístico, gastronômico, em óticas, no metrô, até mesmo em estádios e motéis. Quer mais? Até serviço de motoboy para facilitar a vida de caçadores de Pokémon já virou uma realidade no Brasil. Por isso, ficar atento às atualizações e aos comandos do jogo se torna essencial para usar a criatividade e criar anúncios que virem referência neste meio.

Vale lembrar que o jogo permite a criação de times, e isso pode ser uma chance de interação não só entre os participantes, mas também com uma loja, por exemplo. Divulgar uma promoção para times específicos pode ser mais uma ideia de marketing digital que trará resultados positivos à empresa.

Além de tudo isso, as marcas podem ficar de olho na plataforma de realidade aumentada, uma oportunidade para os próximos anos. Inspirar-se ainda mais nessa conexão de físico e digital, então, poderá trazer mudanças ainda mais significativas.

Que o Pókemon Go consegue transformar o comportamento de multidões, já sabíamos. Mas, agora, você também já sabe que ele serve como uma estratégia de marketing digital!