O que esperar do vídeo marketing em 2017: estatísticas e recomendações

O que esperar do vídeo marketing em 2017: estatísticas e recomendações

A cada dia que passa, os vídeos ficam mais efetivos e populares entre os usuários da internet, especialmente nas redes sociais. Quando falamos dessa mídia como oportunidade de crescimento de marcas, produtos e serviços, o termo precisa ser adaptado para vídeo marketing, que nada mais é do que uma estratégia de otimização de lucros por meio da adequação da produção audiovisual com foco nas necessidades e preferências dos clientes.

De acordo com a pesquisa da Wyzowl, 63% dos negócios estão usando o vídeo como uma ferramenta de marketing e 82% consideram o audiovisual uma parte importante da estratégia.

Em 2017, o vídeo marketing será ainda mais explorado e pode ser uma grande oportunidade para seu negócio.

Confira algumas estatísticas e recomendações que vão ajudá-lo a otimizar os resultados de sua estratégia de vídeo marketing:

– Os vídeos ajudam no entendimento de produtos e serviços, pois misturam áudio, imagem e ação. Além disso, os conteúdos audiovisuais têm apelo emocional e envolvem os usuários.

– Além de ser uma mídia popular entre os usuários da web, o vídeo ainda é um meio de ampliar o conhecimento sobre marcas. Afinal, nem todo visitante de seu site está a fim de ler posts. Oferecer uma outra opção também é uma maneira de atrair o mesmo público, mas com preferências diferentes.

– O vídeo marketing exige planejamento e investimento. Organize-se antes de colocar a mão na massa e tenha em mente que será necessário reservar uma verba periódica para alcançar os resultados desejados, além da dedicação e equipe especializada.

– Durante o planejamento, jamais desvie o projeto do objetivo principal. Se a ideia é aumentar o conhecimento da marca, vá em frente. Se for o crescimento das vendas de um produto específico, siga esse caminho sem medo.

– A estratégia precisa ser analisada periodicamente para que realmente funcione. Se for necessário, contrate um profissional para cuidar das métricas dos vídeos e focar na performance dos conteúdos.

– A versatilidade do audiovisual ajuda a ampliar os meios de publicação. É possível criar vídeos específicos para as redes sociais (Facebook, Instagram, Snapchat e até com a ajuda da realidade virtual), além dos conteúdos para YouTube ou para o próprio site.

– Vídeos de até 1 minuto funcionam bem em conteúdos explicativos. Evite prolongá-los, para não cansar os visitantes.

– Segundo a Wyzowl, 90% dos consumidores assistem vídeos pelo celular. Então, já passou da hora de investir em um site responsivo ou um canal específico para conteúdos audiovisuais.

– As redes sociais são excelentes meios de divulgação de vídeos, ainda mais se existir uma estratégia de patrocínio de conteúdos potenciais.

– Vídeos narrados são fortes e podem funcionar muito bem em campanhas, apresentação de um novo serviço ou produto. Se ainda não experimentou, faça o teste.


Gostou dos insights sobre vídeo marketing? Se preparar de auxílio, entre em contato conosco. Temos várias soluções audiovisuais que podem ajudar seu negócio crescer!