APRENDA A CRIAR VALOR PARA O SEU PRODUTO OU SERVIÇO

APRENDA A CRIAR VALOR PARA O SEU PRODUTO OU SERVIÇO

Quando falamos em valor, pensamos logo em quanto dinheiro vamos gastar, não é mesmo?

Mas saiba que existe uma grande diferença entre preço e valor.

 

Preço é a quantidade em dinheiro que você pagará em determinado produto ou serviço.

E valor é o benefício que esse produto ou serviço irá lhe proporcionar.

Nem sempre o que tem preço elevado, tem valor, e vice-versa.

 

Dois exemplos básicos:

Você pagou caríssimo naquele celular de última geração, que tem poucos aplicativos gratuitos compatíveis e diversas funcionalidades que você não precisa e não usa, enquanto o seu celular antigo, que custou menos da metade do preço, tem vários aplicativos compatíveis, um sistema operacional muito mais fácil de usar e ainda vem com uma tela maior para você assistir aos seus vídeos e ver suas fotos. Você pagou caro em algo que não atende às suas necessidades.

Em contrapartida, você quis economizar na hora de abastecer o carro e foi àquele posto de combustíveis barato e sem procedência, o que acabou prejudicando o motor e os bicos injetores, afetando todo o seu funcionamento. Agora você vai gastar dinheiro com a manutenção do veículo e também com o reabastecimento do tanque, dessa vez em um posto confiável.

 

A criação de valor é simples na teoria, mas na prática é preciso entender todo o contexto: o que vendemos, em qual mercado e segmentação de mercado atuamos, o que os nossos concorrentes vendem e qual é o nosso público-alvo.

O grande segredo para criar valor para seu produto ou serviço é criar valor para aquele que é mais importante para você: o seu cliente.

Um cliente satisfeito é um cliente que se sente valorizado.

 

 

ALGUMAS DICAS SOBRE COMO CRIAR VALOR PARA O SEU CLIENTE

Conheça seu cliente

O primeiro passo está em descobrir quem de fato é seu público-alvo e quais suas principais necessidades. Mantenha um cadastro e um banco de dados atualizado com todas as informações de seus clientes. Faça um estudo aprofundado sobre cada um de forma individual para poder oferecer a melhor solução para cada um deles.

 

Encante o cliente

Dedique-se e atenda às necessidades do cliente como ninguém fez antes e preencha esse vazio. Crie soluções inovadoras e satisfatórias para atender às necessidades de seus clientes, tanto os atuais quanto os futuros. Pense que os clientes atuais podem recomendá-lo a outros clientes.

 

Relacione-se bem com o cliente

Mesmo o cliente mais chato e arrogante merece respeito. A cordialidade e a gentileza com esse tipo de cliente podem acabar amaciando a relação e inspirando confiança de ambos os lados. Que tal oferecer algo a mais no mesmo pacote para um cliente exigente? É a chance de você mostrar a ele que sabe o que está fazendo.

 

Foque nos benefícios

Ao apresentar o seu produto ao cliente, foque mais em seus benefícios do que em suas características. Veja o exemplo:

 

Você diz ao seu cliente que, na compra de uma capa para celular personalizada, ele receberá de brinde um popsocket anatômico, antialérgico e regulável com três opções de cores: azul, preto e branco. O cliente provavelmente não saberá o que é isso nem para que serve.

Melhor dizer que, ao comprar uma capinha para celular personalizada, ele leva de brinde um “anel” para celular, para que ele possa assistir aos vídeos com o celular colocado sobre a mesa, ou mesmo se estiver deitado no sofá, que ele poderá tirar selfies com o celular colado na parede, poderá enrolar seus fones de ouvido nele para que não fiquem embolados e até mesmo para ter mais estabilidade ao digitar.

 

Mantenha contato com o cliente

Um erro muito comum é a empresa se esquecer do cliente após a entrega de um produto ou serviço. O acompanhamento pós-vendas é tão importante quanto a bajulação antes do fechamento do negócio, pois o cliente sente que pode contatar a empresa caso tenha dúvidas e será atendido. Feito isso, ele terá grandes chances de voltar a comprar com você.

 

Entregue valor e não preço

Alguns clientes, senão a maioria, podem achar que você está cobrando um preço alto e irão criar objeções, pedindo descontos ou até mesmo que você inclua mais serviços sem pagar mais por isso. Esteja pronto para responder a essas objeções, lembrando-se sempre do real valor do seu produto ou serviço. Mais uma vez, cite os benefícios e todas as vantagens que ele terá, isso sem falar na economia que ele terá em longo prazo adquirindo algo que vai realmente mudar sua vida para melhor.

 

Não cobre preços absurdos

Faça pesquisas de mercado para saber quanto a concorrência está cobrando para entregar o mesmo produto ou serviço que você. Compare qualidade, quantidade e utilidade e estipule um preço condizente ao que você oferece. Ao mesmo tempo que existem clientes que exageram nas objeções de preço, existem empresas que cobram mais do que deveriam.

 

Agora que você já sabe: para que seu produto ou serviço tenha valor, é preciso agregar valor ao seu cliente. Agora é hora de colocar todo esse aprendizado em prática e ver os resultados.

Nossas dicas trouxeram o resultado que você esperava? Conta pra gente!

Palavras-chave:
-